Bem vindo a Uma vida...na estrada


Uma vida... na estrada.
reflexões, historias, acontecimentos, desabafos; uma vida!

uma vida...
por vezes ate pensada como perdida;
mas sempre vivida!!
se bem aproveitada ou não;
isso já é outra discussão!!
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Digam o que disserem!!! Sou como sou; não como querem que eu seja!!!.-.

sexta-feira, 18 de maio de 2007

quem sabe remar?


Ate curto estas paragens, de vez em quando faz bem parar a noite para dormir depois de um dia a reflectir e ter net para esparramar esses pensamentos aqui.

Um dia destes ate aqui partilho um poema dos meus.

Devo andar doente nestes ultimos dias, demasiados sentimentos e emoções (viva o FCP), na viagem para ca, deu-me para me sentir carente, o pior é que nao percebi de quê, não pode ser de amor porque esse sempre esteve ausente, e não se sente falta de algo que nunca se teve (acho eu), de carinho?! talvez, nunca tive muito mas um tipo habitua-se depressa.

Seja como for senti que me falta algo na vida (tirando o dinheiro claro!!).

Pela primeira vez em muitos anos senti-me só... não tenho muitos amigos é verdade (com o meu feitio não é de estranhar nada) mas dos que tenho orgulho-me, poucos mas bons, mas não é a solidão de estar só...

...acho que estou farto de decidir só eu a minha vida, (as tantas se tivesse mulher reclamava do contrário)...

devo estar a precisar de algo ou de alguma coisa ou quem sabe de alguem...

Será que tem algo a ver de todos os meus amigos ja estarem "arrumados", terei medo de ficar só???

Sinto-me como um barco, preciso que alguem pegue nos remos...

2 comentários:

Vanessa Lourenço disse...

Não resisti, apeteceu-me ver as tuas origens...sou parva eu sei, mas tu também sabes disso...
Percebo esse sentimento completamente, sentes-te o bicho estranho no meio do mundo, os outros encontram, os outros vivem e tu continuas assim, tu...
Os ventos mudam, os tempos também, talvez...quem sabe...um beijo, daqueles.***

Amsilva disse...

Vanessa Lourenço
Os tempos mudam...e sim quem sabe um dia talvez...
veremos!!
um beijo, desses bem bons