Bem vindo a Uma vida...na estrada


Uma vida... na estrada.
reflexões, historias, acontecimentos, desabafos; uma vida!

uma vida...
por vezes ate pensada como perdida;
mas sempre vivida!!
se bem aproveitada ou não;
isso já é outra discussão!!
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Digam o que disserem!!! Sou como sou; não como querem que eu seja!!!.-.

domingo, 30 de dezembro de 2007

ultimos cartuchos

Ano novo já há espreita, fazendo o balanço deste ano que acaba vejo que consegui sobreviver, tudo o que passei, e o que fiz passar também!!!

Tive uns dias bons, momentos inesquecíveis, outros que preferia nem lembrar, mas a vida ainda tem de tudo, lamento o que fiz sofrer, choro pelo que sofri, recordo as mágoas da mesma maneira com que recordo as alegrias, passaram, foram uma etapa mais na estrada da vida!

Vivi grandes momentos do que pensava ser um amor eterno, como o são todos no inicio, o fim veio por algo já pré-determinado (digo eu), não que a razão do fim estivesse prevista mas era algo a ter em conta, enfim; passou!!

Nas férias (parte I e II) fiz quase tudo o que estava previsto, os fins de semana como sempre bem preenchidos, foram desfilando, umas concentrações de motos ( a minha paixão) outras de camiões (a outra perdição), uma ou outra festa da cerveja e claro, as festas populares, chamem-me brejeiro se quiserem, mas gosto das festas, o convívio , a mistura de família e amigos, as verdadeiras pérolas da felicidade!!

Durante este ano não fiz novos amigos , quer dizer, excepto as amizades virtuais que se desenvolveram, mas não perdi nenhum dos que tinha, e isso penso que também seja bom sinal!!!

No trabalho também não posso reclamar muito, afinal, recebi camenete nova, a coisa está bastante dentro de lei, as pequenas chatices que existiram acabaram por se resolver antes de se tornarem um mal maior, recordo bem a bronca final dos últimos dias de férias do ano; ainda vou com avanço!!

O que vai mesmo mais lento são as obras do barraco, mas também não estavam previstos muitos avanços!!


Ando um pouco triste, feitas as contas vou uma vez mais fazer a conta ímpar na festa de fim de ano, mas quem sabe, ano novo; vida nova!!! Será este o meu ano???

Conclusão: foi um ano bem positivo, apesar de todas as minhas queixas!!

"Cada dia é uma pequena vida!!"
_desconheço o autor, é uma frase usada por um grande amigo meu

10 comentários:

MORGANA disse...

Muchos besos y mis sinceros deseos de felicidad¡¡¡¡

Amsilva disse...

Morgana
obrigado
renovo esses votos para ti!!
beijos

Anónimo disse...

Tanta coisa positiva.
Estás a ver como a vida é bela.

Aparece.

Cumps.

Ass.
t..w

Amsilva disse...

Anónimo t..w
é verdade a vida é bela!!
mas aparece sempre alguém a tentar estragar!!
eheheheh

Moon disse...

Olá, passei por aqui "trazida" por um comentário teu noutro blogue.
Gostei da "vida na estrada", a minha também é um pouco assim.
Como se costuma dizer "quem corre por gosto não cansa".
Assim que puder vou ler os posts mais antigos.
Gostei dos que li.
Bom ano!

Amsilva disse...

Moon
já ouvi isso não sei aonde: quem corre por gosto não cansa!!
é uma meia verdade eheheh
Passa sempre que queiras, o parque está sempre aberto!!
Bom ano!!

Moon disse...

Se eu pudesse modificava o proverbio: "A quem olha de fora não cansa o que nós corremos por gosto" lol.

Obrigado pelo "bilhete" de entrada.
Vou usa-lo mais vezes.

Amsilva disse...

Moon
boa maneira de ver essa modificação !!!
volte sempre, é um freeacess vitalicio!!

Vanessa Lourenço disse...

Um ano é longo, depois piscas os olhos e já passou. Os amores são um vicío, sentes saudades mortiferas, choras porque te falta algo, tens uma bola no estômago que te diz voraz a toda a hora. Nunca deixas de amar, depois vem outro e toma uma importância maior, só isso, é clivhé, mas vem quando menos esperas e às vezes está debaixo do teu nariz e nunca olhas-te para ela dessa maneira...enfim...mil e uma coisas, o amor é definitivamente o tema prefeirdo dos poetas, por alguma razão o é. Não te chamo brejeiro não senhor! Que este ano andava eu perdia na minha amada Sintra e passo por um arraial e digo "pára o carro! vi ali farturas!!!"...e é verdade, adoro um belo bailarico com farturas e sangria e carroceis e algodão doce e pipocas e rifas e quim barreiros e sorrisos e canecas de cerveja...eu sei lá...deixa-me feliz...haha...e em Sintra!!! hahaha....Quanto aos amigos, eu fiz alguns, os virtuais que se tornam mais importantes do que eu esperava, fazem-nos falta, não sei explicar, e alguns pessoais, haha, acho que os que passaram e ficaram foram um achado, o mru ouro no rio. Mas enfim, 2008 chegou e resta-nos respirar o seu ar de futuro incerto mas esperado...talvez seja este o teu ano ou talvez seja mais um porque todos os que passaram o foram, tens é de te lembrar que tristeza não paga dividas. Um beijo grande grande e daqueles muito muito bons***

Amsilva disse...

Vanessa Lourenço
nem acrescento nada mais, está dito!!
tens razão.. e quem sabe este será o meu ano!!
beijo