Bem vindo a Uma vida...na estrada


Uma vida... na estrada.
reflexões, historias, acontecimentos, desabafos; uma vida!

uma vida...
por vezes ate pensada como perdida;
mas sempre vivida!!
se bem aproveitada ou não;
isso já é outra discussão!!
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Digam o que disserem!!! Sou como sou; não como querem que eu seja!!!.-.

terça-feira, 11 de setembro de 2007

só uma perguntinha

Hoje quero fazer-te uma pergunta; esta ideia vem de algo que me disseram hoje, algo que ainda estou a pensar em como é possivel alguem ter assim tanta cara de lata, mas tenta imaginar a cena:
Estou num parque a fazer a minha pausa (de 45 minutos obrigatoria por lei)
lá estou descansadinho por mero acaso a catalogar fotos, quando se aproxima um sujeito e bate á porta, eu na ideia de alguem a pedir informação, ou para conversar um bocado, abro e pergunto o que deseja, segue-se uma conversa mais ou menos assim:

-Não tens que fazer no teu país?
_Tenho mas por necessidade trabalho noutro, mas porquê?
-Então não és espanhol?
_Não, sou português...
-E que fazes em França?
_De passagem, afinal França está no meio da europa!
-Bem eu apenas quero-te dizer que não gosto nem de camiões nem de camionistas, detesto ver-vos na estrada...
Fui obrigado a responder-lhe
_Eu tambem nao gosto dos franceses mas sou obrigado a passar aqui, com licença!!
Fechei a porta, ignorei o resto que o homem disse e fiquei a pensar na cara de lata que é preciso ter para abordar alguem desconhecido apenas para dizer que não se gosta do que essa pessoa faz...
Mas como ainda penso nisso, pergunto-te a ti:


O que pensas dos camiões, ou de quem trabalha com eles??



E não é por estar num blog de um camionista que tens que agradar, pelo contrario, sinceridade agradece-se...

19 comentários:

4ever... or never disse...

Pedes uma resposta sincera.. vou dar-ta.. tenho consideração pelos camionistas como tenho pelos vendedores, professores, médicos,empregadas de limpeza, etc... para mim as pessoas valem pelo que elas são e não pela profissão que têm.. entendes?
Agora... se me falas de camiões na estrada... tenho de dizer-te que quando sou condutora tenho muito respeito por eles... camiões... considero-me boa condutora.. com alguma experiência.. muitas e muitas horas de condução fora das cidades.. já fiz 250kms por dia para ir trabalhar durante alguns anos... e devo dizer-te que olho os camioes com.. sei la.. não é medo, claro.. mas respeito.. sao demasiado grandes.. detesto ultrapassa-los porque penso sempre que qualquer toque dum camião.. por muito pequeno que seja.. há-de causar grande mossa...mas é so isso!
Todos temos de andar na estrada.. só é necessário respeitarmo-nos uns aos outros... todos.. sejam camionistas, taxistas, ligeiros...
Respondi ao que desejavas?
Desejo-te uma boa noite...

Amsilva disse...

sim é isso
conselho para ultrapassagens seja a camiões autocarros ou seja que veiculo seja, quanto mais rapida for melhor, ha pessoas que passam demasiado tempo ao lado de um camiao ao ultrapassar, no caso de rebentar um pneu do camiao a deslocação de ar que provoca é o suficiente para fazer despistar o carro, sabias??

Kátia disse...

Xi que pergunta! Mas,eu vou ser sincera--como sempre--Eu acho que caminhoneiro é um bando de mal educado,gente rude e grossa.Adoram perseguir mulheres indefesas no trânsito e vivem a dizer que seu lugar é na cozinha ou a gritarem calão de todo tipo e tem os gestos também.Sem contar que 'afunilam' nossos carrinhos em parceria com seus colegas de estrada e isso me deixa deveras retada!!!
O único caminhoneiro que conheci que era educado,foi um pai de uma colega minha do ginásio( a que dava-me carona,eu te contei isso...)talvez por ele ser pai,sei lá.Agora,eu respeito toda gente...e respeito todas as profissões,mas infelizmente algumas carregam certas "famas" que por mais que a minoria não seja igual,a maioria faz o que tem de pior.Por exemplo os que tem má fama por aqui são os policiais,taxistas,motoristas de ônibus(autocarro)e outros.Agora tens de considerar que falo dos caminhoneiros de cá.Não posso falar dos caminhoneiros daí.
A maioria dos caminhoneiros de cá,tem pouco estudo,trabalham muitas horas sem dormir por salários que não compensam,vivem meses longe de suas famílias e tudo isso pode contribuir.
Quanto a ti,já sabe o que penso acerca de sua pessoa.
Respondi?Só reitero que essa visão sobre os caminhoneiros que tenho é baseada nos que vejo aqui e não tem nada haver com o que leio nesse espaço ou no do Fernando.Só isso.
Fica bem.

Kátia disse...

Ah! E tu pediu sinceridade não foi?A "imagem" que eu tenho desses profissionais infelizmente é essa.Desculpe se pareci grosseira.

Amsilva disse...

katia
tem algumas diferenças dos de cá;
bem que já estão um pouco mais educados limpos e com mais cultura mas mesmo assim ainda deixam muito a desejar, mas penso que pelo menos 50% dos de ca são respeitadores dos demais, já tem alguns estudos falam pelo menos dois idiomas, mas sim; ha aqueles que não podem ver uma mulher sem fazer comentarios sem jeito (tipo: comia-te toda) se bem que muitos poderemos pensar mais ou menos o mesmo, são poucos os que falam isso alto, tem tambem aqueles que não respeitam na estrada, se bem que aqui tem que se ter cuidado com isso pois uma denuncia e tem a policia logo em cima a acusar de conduçao temeraria...

Crestfallen disse...

Eu trabalho com empresas de camionagem de Portugal e Espanha. Por isso tenho um misto de respeito e medo deles.

Respeito porque fazem um trabalho muito duro. Não é como as pessoas dizem andar a passear pela Europa. é sim andar muitas vezes, sozinho, longe de casa e da familia. É ser-se casado e não estar com a esposa, é ser pai e não ver os filhos crescer. Para cúmulo dos cúmulos, não recebem metade daquilo que deveriam receber. São abusados pelos patrões, tendo muitas vezes de pagar multas e danos na camião, etc, etc, etc.

Medo deles, porque abusam. Conheço muitos que chegam aqui à Alemanha a cair para o lado de sono. Carregam e partem novamente para Portugal. Os clientes em Portugal infomam-me quando a mercadoria chega, e eu perdunto, "como é possível um condutor, chegar a Portugal tão rápido?". Abusam, não respeitam o tempo de condução e descanço. O único que respeitam é o domingo, onde ficam paradom na fronteira da Alemanha ou Bélgica.

Um camionista cansado, é um perigo na estrada. Um camionista a condizir e ler o jornal, etc.

Tenho um grande respeito pela profissão, mas há muitos homens que nunca deveriam ter seguido essa profissão. Mas, isto é como em todas as profissões, com a diferença que em caso de acidente, há maiores probabilidades de matar do que de morrer.

Amsilva disse...

crestfallen
tens muita razao no que dizes e daí tambem tem muita verdade, muitas das empresas de Portugal e não só, abusam dos motoristas, se bem que tambem ha deles a arriscar por conta propria e depois poderem se gabar que fizeram isto ou aquilo, ainda juntando uma boa dose de mentira pelo meio...
mas essa é uma das coisas que cada vez vai acontecendo menos, os novos camioes tem agora um tacografo digital, muito dificil de rodear para poder alterar os dados, quase uma caixa negra dos avioes, no entanto quem inventa o "alarme" tambem inventa a maneira de o desligar.
se há coisa que detesto ver ao volante é as pessoas a ler, já seja o jornal ou mesmo a acta da ultima reunião, na distraçao pode se perder muitas vidas e como bem dizes, mata mais do que morre, talvez um pouco mais protegidos por andar mais alto, mas não esquecer que a maior parte das vezes leva com a carga em cima e não ficam nada bem.
ha muitas pessoas que vêm para esta profissão apenas pelo dinheiro e aí falta profissionalismo e responsabilidade, em breve vai ser necessaria uma formaçao para poder aceder a esta profissao, muitos vão deixar de ser " camionistas"

Anónimo disse...

Excelente Blog Amsilva...
Bem,esta situaçãoé algo k nao acontece todos os dias!
Ele por acaso não se lembra que se não fossem os camionistas e os camiões ele não andava vestido, nem comia, nem sequer tinha um carro pra conduzir?
Fizeste bem em lhe fechar a porta, responder para quê? Existem muitos malucos neste mundo...
Quanto ao que penso dos camionistas sou suspeita porque a minha cara metade é camionista e tenho oportunidade de passar algum tempo com ele nas viagens que faz e por isso conheço um pouco deste mundo, mas penso que existe mais fama do que proveito.. por uns pagam os outros... além de que é uma profissão mal recompensada e muitas vezes pouco valorizada tanto pelas sociedade em geral como pelos próprios patrões!
Mas também tem o seu lado positivo conhece-se muitos sitios...
Continua os teus relatos!!!

Amsilva disse...

anonimo
(que nome tão raro, eheh)

sim muita gente esquece que tudo o que tem, usa, consome, gasta e nem sei mais o quê é transportado por camiões, ou foi um dia transportada a materia prima para se fazer, desde roupa até á comida, desde o simples clip do escritorio até ao proprio avião, tudo passou pelos camiões...
sendo cara metade de um camionista e já o tendo acompanhado sabe bem o que se passa por essas estradas fora...

Kátia disse...

Ainda bem que entendeu o que relatei.E quanto aos que pensam e não falam,esses sim são educados!Pois,se querem falar asneiras que falem para a...deixa pra lá! Você entendeu. Lol

Souto disse...

Todos nnos temos de ter uma profissão, a profissão de camionista e uma delas k eu respeito pela vida que eles levam longe da família e se não fossem eles não tinhamos muitos produtos para consumir, a vida deles não é fácil Há que respeitar o k eles passam por este mundo fora, eu bem sei k kndo encontramos um camião numa estrada estreita sem podermos passar lhe a frente que nos irritamos, mas vamos lá eles são amigos eu ja tenho feito mts viagens para França e eles são amigos e por mais mais a minha cara metada é motorista por isso já sabem o k penso não é nino!!!!

Lisa

VICIO disse...

e porque é que ele não os tenta parar quando eles passam por lá! basta atravessar-se à frente!

Amsilva disse...

lisa

com jeito se o tipo for simpatico até te deixa passar, o problema é que por vezes deixamos passar e depois ainda nos empatam
afainal os camionistas são simpaticos (é pena é na ser todos)

vicio

acredita que eles fazem isso, não é á toa que não gosto de franceses,
grande parte deles nas zonas em que os camiões estão proibidos de ultrapassar e que por vezes são 40km seguidos, os ligeiros metem-se á frente a uma velocidade reduzida para nos obrigar a ir devagar...
mas não deixaste a tua opinião, ou nunca vês camiões???

Eduardo Jai disse...

Bem... penso que os camiões são camiões e os camionistas quem os conduz. Se os carros são aceites por toda a gente como algo de normal, acho que os camiões também o deviam ser, porque são necessários até para - muitas vezes - que os carros cheguem aos stands. Os camionistas são condutores como os dos carros, com duas diferenças: muitos fazem disso a sua profissão (mas também os taxistas p.ex.) e têm que conduzir os seus camiões com uma técnica ajustada a um veículo diferente em tamanho e potência, etc, etc.

Agora... já conheci camionistas que são bons e outros que são maus (quer como condutores, quer como profissionais). E o mesmo como pessoas. Não consigo ver o que tem de diferente em relação a qualquer outra profissão.

O que me não espanta ao ler o teu post é a lata (como lhe chamaste) de um froggie/frenchie qualquer que começa por dizer :"Não tens que fazer no teu país?". Os franceses (não todos), como sabes, são xenófobos como nenhum outro povo da europa (pelo menos que eu conheça).

Espanta-me, sim, o facto - e já que pediste sinceridade (lol)- de não lhe teres respondido de imediato, em bom português: "Vá à merda, que se faz tarde". Com tradução posterior adequada para francês se o connard franzisse o sobrolho. Estou certo que não te faltariam palavras apropriadas na lingua mãe do petit emmerdeur...

*assobios*


P.S. - a música/canção que tens agora no blog é enorme de bonita. Uma das minhas preferidas da Mariza, com uma letra quase tão boa como a voz dela. Abraço

Amsilva disse...

eduardo

estive quase para fazer isso ou mesmo bater-lhe que foi mais ou menos a vontade que me deu, mas; não quiz descer ao nivel dele e assim achei que o desprezo seria a melhor resposta, de todas as formas eles tratam melhor um cão do que um camionista...(penso que muitos trocam os filhos por cães)
não me faltavam palavras para o tratar mal, mas como seria uma vitoria para ele alguem dar-lhe atenção...
mas como dizes e convem referir, não são todos, felizmente...
a musica é a minha preferida da Mariza, quem alias acho que dá uma grandeza ao fado, e que até talvez seja mais reconhecida no estrangeiro do que em Portugal

Vanessa Lourenço disse...

Meu caro AmSilva, eu de camiões e camionistas depreendo apenas aquilo que bebo deste blog. Não se dve tomar a parte pelo todo e vice-versa, contudo, parece-me que se muito boa gente consuzisse como tu, camionista ou não , seriamos todos muito mais felizes e ouviriamos muito menos asneiredo ( nas estradas, lol). Dir-te-eu, apenas, sinceramente, que interessa-me rigortosamente nada o que pensam os outros o que eu faço ou deixo de fazer, quantas pessoas não me conhecendo de lado nenhum não se chegaram ao pé de mim e me disseram " vocês jornalistas são todos uma cambada de mentirosos e só querem é vender", gostei? não? importei-me? ainda menos? ofendio? mentalmente...haha...um beijo*

Amsilva disse...

vanessa
por vezes não é o que a pessoa fala, porque já sabemos mais ou menos o que pensam de nós, é mais a atitude, agora de não conheceres camioes, como jornalista deves viajar alguma coisa, mesmo que sejam apenas uns 50km já encontras camioes, por isso fia a pergunta assim, porque seja onde for que se vá, sempre se encontram camioes, felizmente ou infelizmente (depende do ponto de vista) nós estamos em toda a parte, quer dizer, excepto cargas e descargas não marcamos presença em 70% das vilas francesas (e ele a dar-lhe com os franceses)

Vanessa Lourenço disse...

Am, camiões vejo todos os dias, a primeira reacção que me causam é medo, lol, não por serem perigosos ou por quem os conduz ser, nada disso, antes pelo contrário ( há sempre excepções) mas simplesmente porque, para além de me assustaar demasiado facilmente ( este verão apelidaram-me de koala, lol) assusto-me sempre com o facto de serem grandes, lol, enormes! só, e simplesmente, isso.
Um beijo.*

Anónimo disse...

Boas,regra geral tipos muito indiferentes aos outros, até o facto das modalidades em que lhes pagam os salários os deixa num limbo e preferem esperar por uma justiça divina que venha acertar contas com os Mestres da Exploração, ora em toda a atitude física e mental covardes,subditos a um Deus da Escravidão com Empresa aberta.....