Bem vindo a Uma vida...na estrada


Uma vida... na estrada.
reflexões, historias, acontecimentos, desabafos; uma vida!

uma vida...
por vezes ate pensada como perdida;
mas sempre vivida!!
se bem aproveitada ou não;
isso já é outra discussão!!
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Digam o que disserem!!! Sou como sou; não como querem que eu seja!!!.-.

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

classificações

Uma vez mais falo de encontros,
com amigos, vulgos colegas de trabalho;
por vezes torna-se complicado classificar ou distinguir os colegas de trabalho
e os amigos, tambem colegas de trabalho,
quer dizer: eu sei quais são os meus amigos verdadeiros
mas falar deles a outros menos amigos ou em quem se confia menos
é sempre complicado, não por a amizade ser maior ou menor,
mas sim pela parte deles, sim é verdade que tenho
os meus amigos classificados, não será bem este o termo mas
faltam-me sempre as palavras certas;
tem aqueles que eu sei que posso contar para tudo e alguma coisa,
aqui entre nós, são aqueles que posso abusar da confiança deles
assim como eles podem fazer o mesmo da mim,
a confiança mutua que se foi instaurando com o tempo dá para isso,
mas, e há sempre um mas;
tem outros em que não se poderá fazer o mesmo, há uma simples confiança
com uns limites muito restritos,
por vezes isso faz-me confusão, mas aprendi com a vida que tem que assim ser
há aquelas amizades que crescem com o tempo,
outras que se mantêm, há ainda aquelas que parecem nem sair da sombra
mas estão ali, para as ocasiões, as boas e as más...
E tu? Tens assim os amigos classificados??
Ou será defeito meu???

15 comentários:

Crestfallen disse...

Pessoalmente só os classifico em amigos homem e mulher. Se não os considero 100% amigos, para o bom e para o mau. Passam imediatamente à categoria geral de "colega". Aqui divido em 4 categorias, colegas de trabalho e de vida privada, homens e mulheres.

Eu por principio não misturo os dois mundos, trabalho e lazer é perigoso, pelo menos no meu ramo.

Amsilva disse...

crestfallen

isso já sao muitas categorias não achas??
eu no meu trabalhito bem que posso misturar os de trabalho e lazer...

VICIO disse...

segundo o meu mau feitio... um colega de trabalho não é necessáriamente um amigo!
felizmente tenho poucos porque se tivesse muitos talvez tivesse que os rotular para não me confundir no nivel de amizade entre eles

Amsilva disse...

vicio

tens toda a razao de que um colega de trabalho não é necessariamente um amigo
mas um amigo pode ser um colega de trabalho
essa de rotular...

Eduardo Jai disse...

Tenho amigos e classifico-os assim: Amigos e amigos.

São poucos e eternos os primeiros. São muitos e agradáveis os segundos.

Um ABRAÇO. Bom fim-de-semana ;)

Amsilva disse...

eduardo

essa tambem é uma boa classificação

carótida disse...

Classifico assim:
Amigos
Colegas
Companhia
Conhecidos

Amigos - São aqueles que partilhamos quase tudo...

Colegas - São aqueles com quem passamos mais tempo...

Companhia - São aqueles que estão presentes em muitos momentos...

Conhecidos - São aqueles que os reconhecemos de algum momento na vida...

Isto não quer dizer que não tenha Amigos, que também são Colegas e que sejam boa Companhia...

Anónimo disse...

Pois por vezes há que deixar o tempo mandar nessas relações colega de trabalho-amigo, pois nunca sabes quando um colega de trabalho poderá transformar-se no teu melhor amigo(e conheço uma situação idêntica que até agora só tem dado bom resultado).
Tens de dar o benefício da dúvida.. Pessoalmente não tenho muitos amigos, talvez porque sou uma pessoas tímida introvertida, que não gosta de incomodar.Como diz o ditado mais vale poucos e bons do que muitos e maus...
Continua o teu blog....só penso que deverias afastar a janelinha da música um bocadito mais para a esquerda ;)
bjs

Amsilva disse...

carotida
ora ai está uma boa classificação e bem definida, um amigo pode ser tudo, um conhecido pode vir a ser algo

Anonimo (que nome raro!!)

os "verdadeiros" amigos, começaram por ser apenas uns meros conhecidos, posso te dizer que os meus melhores amigos são pessoas que ao principio nem sequer encaramos uns com os outros, sim claro que temos que dar o beneficio da duvida, a vida encarrega-se de dar as oportunidades para podermos mostrar o valor

a janelinha da musica estava pequenina, não sei ao certo o que se passou, já estive ás voltas e já tenho a tesoura aqui ao lado...

nela disse...

Os Amigos permanecem apesar da distância, estão lá se nós os procurarmos. Mas, muitas vezes, um simples conhecido na hora certa, pode desempenhar um bom apoio.
Amigos? Não ache que tenha muitos, mas os que tenho são-no a sério.
Abraço

Amsilva disse...

Nela
amigos tenho poucos, mas são bons
agora conhecidos, bem; ando por fora de casa já ha 15 anos, nestas viagens tenho já quase 9 anos, falo 4 idiomas, em todo o lado que vou fico com conhecidos que se vê de tempos em tempos... mas fica sempre algo de amizade

Vanessa Lourenço disse...

Não vou divagar pelas minhas classificações. Os que considero amigos, não lhes chamo de amigos, mas sim de familia. São a minha familia, aquela que construí por entre monstros e dragões e choros e paixões. Que me aquecem a alma em dias rigorosos de inverno e nos quais penso sempre que sorrio. Os outros são eventuais passagens e alma no meu diário memorial. Sei onde os tenho e tenho orgulho de os ter. Um beijo

Amsilva disse...

Vanessa

Por vezes os amigos representam ainda mais do que a familia, mas é bom ter amigos da familia

Kátia disse...

Eu tenho poucos amigos(as).Porém são para todo o sempre.Mas,existem sim as classificações.Afinal nem a toda gente podemos chamar de AMIGO.Eu conheço meio mundo de gente ou até mais...por isso acho que é mais ou menos por aí.

Amsilva disse...

Katia

meio mundo?? e depois eu é que sou o viajante, isso é muita gente, mas lá está os amigos contam-se