Bem vindo a Uma vida...na estrada


Uma vida... na estrada.
reflexões, historias, acontecimentos, desabafos; uma vida!

uma vida...
por vezes ate pensada como perdida;
mas sempre vivida!!
se bem aproveitada ou não;
isso já é outra discussão!!
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Digam o que disserem!!! Sou como sou; não como querem que eu seja!!!.-.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Custa tanto

É verdade, custa tanto, deixar o conforto da casinha e rumar ao norte, cada vez tenho mais ideias de regressar, mas financeiramente iria ser um desastre...

Estou numa de explorar novas hipoteses, e uma já está na comissão de avaliação...

Mas o que custou mesmo foi fazer a viagem de noite, e ter que trabalhar durante todo o dia!!!

Uma vez mais as celebres palavras: Deixem-me dormir!!!!

Vou para Malaga e imagina a carga...pois, isso mesmo, bobines de papel!!!

Falta uma hora ainda de trabalho, tentar ir dormir depois de Despeñaperros, a montanha faz-se melhor pela noite!!

8 comentários:

Vício disse...

qual é a largura do papel!
rolos de papel higienico podem ser chamadas de bobines, certo?

Amsilva disse...

Vicio
Bem tem um metro de largura, uns quantos km's de comprimento, é de cor castanha... ainda gostava de ver um rolo assim numa casa de banho eheheh

portanto, bobines sim, mas pequenas, bobinitas ahahahah

Abraço

Vanessa Lourenço disse...

Há muitas e muitas coisas que se fazem melhor pela noite, sorrir à noite, conversar À noite, sabe melhor, não sei...um beijo, lambusado***

DRIVER disse...

Por falar nisso, vou aproveitar bem a noite para.........





...........conversar.

Amsilva disse...

Vanessa Lourenço

Sabes bem que prefiro uma noite de conversa que uma de viagem, mas quando se pode juntar as duas...
Sorrir?!? Gargalhadas, ficam sempre bem!!

Um beijo, desses!!


Driver
Com esse tipo de conversa ficaria tambem eu contente mas...
vou dormir!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Quem serão os cagões quem moram em Málaga, para precisarem de papel com essa envergdura? Ao menos é suave ao tacto?

Abraço, boa viagem!

Belzebu disse...

São os ossos do ofício meu caro amigo! Posso imaginar a responsabilidade e o cansaço que essa actividade provoca, mas em contrapartida também proporciona com certeza, momentos únicos. Será que essa papelada toda não se destina ao próximo Orçamento?

ehehe!! Aquele abraço infernal!

Amsilva disse...

Rafeiro Perfumado

Muitos, e bastante com nota a ver pelos iates nas marinas...
Não é muito suave, eu tinha razão, é para um jornal!!
Abraço


Belzebu
Para o orçamento não, acho eu, mas para muita tinta correr acerca dele...
Quase certeza!
Abraço aí aos infernos!!!