Bem vindo a Uma vida...na estrada


Uma vida... na estrada.
reflexões, historias, acontecimentos, desabafos; uma vida!

uma vida...
por vezes ate pensada como perdida;
mas sempre vivida!!
se bem aproveitada ou não;
isso já é outra discussão!!
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Digam o que disserem!!! Sou como sou; não como querem que eu seja!!!.-.

terça-feira, 6 de novembro de 2007

decididamente

Decididamente vou meter um anuncio no jornal, deixo aqui ao lado a copia do dito cujo!

E porquê?
Frase do dia: Quem espera... sempre alcança !!!

6 comentários:

Aorta disse...

Anúncio? Então o que é isso? Sozinho?
Espero que encontres boa companhia... não está fácil!

Amsilva disse...

Aorta
sim um anuncio, para deixar de estar só ;)
eu sei por isso meto anuncio

Vanessa Lourenço disse...

Não precisas de nenhum anúncio no jornal, lol. Que normalmente desses só sai molho, lol. Quando Maomé não vai à montanha, vai a montanha a Maomé....o.O...um beijo.*

Eduardo Jai disse...

Estava aqui a pensar que podemos até organizar um cordão de solidariedade bloguística para divulgar o anúncio ainda mais.

Algo assim:

Arménio Silva, por se encontrar ausente a conduzir algures numa estrada euopeia vem, por este meio, fazer saber que: [inserir anúncio ali ao lado]
Alvíssaras (no formato de 120 Franziskaners) a repartir pelos blogues que canalizem mais respostas com elevada probabilidade de sucesso.


Não sei é se irás ter cabine suficiente para tanto...
:))

Abraço

Kátia disse...

Acho que não precisa de anúncio também.Isso é mais pra quem tá na "requenguela"(conhece esse termo?)Hahahahaha.
Vai ver,quando esquecer esse pormenor,rapidinho aparece alguém interessante e especial.Não queira as "laranjas maduras na beira da estrada"pois,como já diz a música quando aparecem ou estão bichadas ou deu maribondo no pé.Hahaha
Fica bem!!!!
Beijo!

Amsilva disse...

Vanessa Lourenço
não preciso?
montanha?!?
maome?!?
beijo

Eduardo Jai
humm fico na duvida se seria boa ideia mas...
a cabine é grande mas nem tanto eheh ;)
abraço

Katia
desesperado?!?
não nem pensar nisso, apenas preciso de um ombro...
e não, não vai ser agora que vou querer as laranjas da beira da estrada, fruta só da arvore...
bjks