Bem vindo a Uma vida...na estrada


Uma vida... na estrada.
reflexões, historias, acontecimentos, desabafos; uma vida!

uma vida...
por vezes ate pensada como perdida;
mas sempre vivida!!
se bem aproveitada ou não;
isso já é outra discussão!!
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Digam o que disserem!!! Sou como sou; não como querem que eu seja!!!.-.

domingo, 25 de janeiro de 2009

Ele há coisas...

Quem diria o que o tempo muda?!
Ao regressar de Almeria, onde estive de férias quase dois dias passei nesta estradita

Fiz a comparação do que estaria uns poucos km's mais á frente onde se começava a deslumbrar a Sierra Nevada. apesar das nuvens estavam 20ºC o que até nem é mau, as nuvens essas também eram ligeiras, nada que adivinhasse o temporal que veio depois em que chegaram a fechar os Portos Comerciais e mesmo algumas estradas.
Terra mesmo de contrastes, se aqui aspecto quase de deserto, um pouco mais e será de alta montanha.


As ruinas também marcam presença por estes lados, vê-se mesmo muitas casas abandonadas, casas grandes, de antigos senhorios ou não mas não era qualquer um que tinha casas assim, pra mais nesta zona onde se encontram pequenos bairros de cubiculos atalhados, como que se aproveitar o espaço num deserto fosse algo necessário á sobrevivência...
Mas adiante.

Pessoalmente matei saudades do trabalho nocturno, mas daquele mesmo de andar toda a noite, e o domingo esse foi aroveitado quase todo na cama, faz lembrar velhos tempos de andar toda a noite e dormir de dia!
É o que faz rregressar ao serviço de frigorifíco, por um lado as vantagens, do outro as menos boas, enfim é a vida!

Boa semana, boas viagens!

5 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Eu passava-me, se tivesse de conduzir à noite. Os reflexos das luzes dão-me cabo da vista, o mais certo era espetar-me na primeira curva.

Abraço, continuação de boa viagem!

Fragmentos Intemporais disse...

Essa zona é linda...

No fundo, no fundo, você é um privilegiado... Tenho noção que é uma profissão dura mas tendo em conta a liberdade, o simples acto de poder desparecer estrada fora na companhia de melodias como esta... é por demais uma proposta tentadora!

Qualquer dia faço-me convidada para partilhar uma viagem consigo.... Mas teria que estar munido de muito aldogão (para colocar nos ouvidos)... sou tagarela lolol

Beijocas e boas caminhadas...

AmSilva® disse...

Rafeiro Perfumado
Eu até gosto, e se for para atravessar grandes cidades então é quase exigência!!
O reflexo resolve-se com uns óculos...
Abraço

Fragmentos Intemporais
Como disse um ministro do nosso Portugal, somos turistas pagos...
O bom mesmo é andar de um lado pró outro, conhecer novos locais e culturas!
E eu aceito a companhia!
O algodão... não engana eheheh
beijo

Fragmentos Intemporais disse...

Pudesse eu fazer-te companhia...

Não olhava para trás... e em dias como o de hoje... como me fazia bem fugir!

AmSilva® disse...

Fragmentos Intemporais
Não olhes, foge!
Vive a vida!
beijo