Bem vindo a Uma vida...na estrada


Uma vida... na estrada.
reflexões, historias, acontecimentos, desabafos; uma vida!

uma vida...
por vezes ate pensada como perdida;
mas sempre vivida!!
se bem aproveitada ou não;
isso já é outra discussão!!
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Digam o que disserem!!! Sou como sou; não como querem que eu seja!!!.-.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

com prejuizo?

Ainda ando indignado com os acontecimentos do fim de semana, no sábado á noite ia eu na A25 quando me deparo com detritos na estrada e inclusive um pneu no meio da via...
como era de noite e em curva a meio de uma ultrapassagem quando o vi já era tarde pra travagens...resultado: tenho a frente e baixos da carrinha danificados!
Alertadas as devidas autoridades, ou seja GNR-BT e AENOR demoraram "apenas" 32 minutos a chegar (a BT, a patrulha da AENOR demorou ainda mais), ao comunicar sou informado de que já tinham conhecimento á cerca de 15 minutos da situação, contas feitas demoraram cerca de 45 minutos a apresentar-se no local, nada mau, tempo record para percorrer 20km...

Pergunta daqui , sugestão dacolá, mais uma ou outra dúvida e estávamos 6 condutores com os veiculos na berma... uns com mais outros com menos prejuizos, mas dois sairam num pronto-socorro e outros nem sequer paravam...

Como todo o mundo parecia ter um medo raro de falar depois que chegaram as autoridades perguntei eu, todas e mais algumas perguntas de que me lembrei, inclusive: quem vai pagar os danos??
Admirei-me quando ao fazer muitas perguntas o sr guarda me respondeu: "Vamos lá a despachar isto que temos mais que fazer!"
Suponho que o que ele tinha mais que fazer seria fazer uma caça á multa na rotunda da Barra, sitio predilecto para umas quantas coimas com grande lucro para os das fardas...

Como ainda ninguém tinha respondido á minha questão principal -quem paga os estragos- insisti na pergunta, momento em que o sr da farda me sugeriu que seria melhor estar calado...
Sendo eu o único a reclamar suponho que fosse para mim essa sugestão, sendo assim e da maneira que fui tratado tenho ideia de apresentar queixa da conduta da autoridade , pedi contactos das testemunhas que prontamente mos deram e a identificação do sr agente, não me foi facilitada, esquece o sr agente que no auto da ocorrência estará lá o nome, e aí vou decidir se apresento queixa ou não, como sou "perseguido" profissionalmente por estes senhores estou mesmo capaz de fazer isso mesmo, afinal o lema : Proteger ajudar e servir deve servir para alguma coisa...

O caso é: se num acidente eu danifico algumas das infraestruturas na estrada, neste caso propriedade da AENOR tenho de pagar os estragos, se eles não cumprem com o trabalho deles, que neste caso é manter as vias limpas e desimpedidas e por causa disso eu tenho estragos, serão eles a pagar, certo??

Boa semana, boas viagens!!

10 comentários:

camionista_junior disse...

Que confusao para ai esta. E o pior e que se calhar ainda sobra para ti. boa sorte com o caso...............boa viagem cumps

Amsilva disse...

Camionista_junior
Esperemos que não, ainda é algum prejuízo e não fui eu o responsável!
Abraço

Bichinho disse...

Beijo fantasma e, boas viagens...

aorta disse...

Fazes muito bem apresentar queixa. A "justiça" anda muito injusta.

Beijo

Vício disse...

acho que tens direito a isso mas eles tentam sempre que isso não aconteça!

O Sussurrar do Corpo disse...

Um sussurro...

alfabeta disse...

Claro que eles têm que pagar os estragos, e quanto ao guarda , ele não te respondeu porque se calhar não sabia e para não passar por incompetente, foi mais fácil mandar-te calar!

Eu fazia queixa, para aprenderem a tratar as pessoas com mais respeito.

Amsilva disse...

Bichinho
Beijo
Obrigado

Aorta
Os abusos estragam a justiça, por isso mesmo devo avançar
Beijo

Vicio
Já tenho mais informações acerca das provas que tenho de reunir para apresentar a reclamação.
abraço

O Sussurrar do Corpo
Outro...

Alfabeta
Eles até que devem pagar, mas vai demorar e custar!
O sr guarda é incompetente na mesma, pelo menos ao meu ver!
Beijo

Sofia disse...

Certíssimo! Acho mesmo que é assim... e o sr agente da autoridade é obrigado a identificar-se! Eu cá, que também passo muitas horas ao volante, sempre que sou mandada encostar e me pedem a identificação, peço logo a deles também... não vá ser Carnaval e ser algum palhaço armado em polícia com bastão!

Beijinhos e aperta com eles, com todos eles! ;)

Amsilva disse...

Sofia
Eles por vezes abusam um pouco da autoridade, e alguém tem de os lembrar das respectivas posições!
Uma coisa que lamento é que a autoridade no combate ao crime perdeu a "autoridade" nem um tiro podem mandar porque podem ferir o criminoso... mas no que toca a trânsito estão cada vez mais "autoritários"... lamentável, no mínimo!
Fazes bem em pedir a identificação, e já vim a saber que são obrigados a identificar-se completamente.
Beijos